masturbação feminina

10 dúvidas comuns da masturbação feminina

Apesar da ampla divulgação sobre masturbação, o assunto ainda continua envolto diversas vezes em vergonha e estigma, tornando difícil para muitas pessoas discutir abertamente.

Mas saiba você que a masturbação ė algo mais frequente do que você imagina, tanto a masculina, como a masturbação feminina.

Especialmente em nossa fase de descobertas é comum que várias pessoas tenham uma série de perguntas sobre se masturbação mas não se sentem confortáveis em perguntar ao médico e, portanto, nunca recebam respostas.

Listamos 10 dúvidas comuns da masturbação feminina, de acordo com artigo da Insider:

  1. As mulheres se masturbam? 
  2. Existe algo de errado se eu não tiver um orgasmo quando me masturbar?
  3. A masturbação pode tornar a vagina menos sensível?
  4. Posso perder a virgindade ao me masturbar?
  5. Posso masturbar no período menstrual?
  6. Masturbação feminina conta como traição? Estou traindo? 
  7. É possível ficar viciada em masturbação?
  8. Posso contrair uma DST (doença sexualmente transmissível) ou outras infecções na masturbação feminina?
  9. Existe algo de errado comigo se eu não quiser me masturbar?
  10. Quais são os benefícios de se masturbar? Afinal, masturbação faz mal ou bem? 
As mulheres se masturbam?

1- As mulheres se masturbam? 

Parece uma pergunta simples e óbvia, mas muito comum entre mulheres iniciando suas descobertas pessoais. Sim, segundo a Pesquisa Nacional de Saúde e Comportamento Sexual (NSSHB) da Universidade de Indiana, 71,5% das mulheres e 81,5% dos homens de 25 a 29 anos nos Estados Unidos se masturbam pelo menos uma vez por ano, e algumas mulheres se masturbam mais de quatro vezes por semana.

Portanto, se você se identifica com essa informação e gosta de se masturbar, isso é 100% normal.

2- Existe algo de errado se eu não tiver um orgasmo quando me masturbar?

Não tem nada de errado, acredite, e não significa necessariamente que há algo errado com você.  Obviamente não existe uma maneira “correta” de se masturbar,  mas algumas pessoas podem não estar se masturbando da maneira certa para elas.

Conhecer melhor seu corpo, experimentar vibradores e pesquisar em sites que exploram maneiras de aumentar o prazer das mulheres (dica da nossa amiga MadameDuba), podem levar a uma melhor “resposta” sexual.

3- A masturbação pode tornar a vagina menos sensível?

A masturbação em si não deve afetar a sensibilidade de uma vagina ou clitóris.

O que os especialistas aconselham é que se você utiliza um vibrador (veja bem, eles não são prejudiciais), você deve prestar atenção se só consegue chegar ao orgasmo com ele, isto e`, ao se masturbar sem vibrador ou fazer sexo com alguém pode parecer tedioso.

Alguns vibradores são vigorosos e muitas vezes nosso corpo se acostuma a uma certa frequência ou estímulo e é sempre saudável balancear.

Veja bem, isso não significa que você precise desistir de vibradores. Mas não faz mal misturar e ver como é se masturbar sem vibradores. Masturbadores podem ser uma experiência interessante, muitas mulheres invertem os massageadores masculinos e utilizam a textura para ter experiências diferentes, é bastante recomendado pela maciez do produto.

4- Posso perder a virgindade ao me masturbar? Significa que não sou mais virgem?

Se ser virgem significa que uma pessoa tem um hímen intacto, o uso de vibradores internos podem esticar ou romper o hímen e a resposta é sim.

Se a virgindade significa que você nunca teve relações sexuais, a resposta é não.

O conceito de virgindade é complicado. Portanto, se você deve ou não se considerar uma virgem depois de se masturbar depende mais de sua definição do que significa virgindade.

5- Posso masturbar no período menstrual?

Algumas pessoas dizem que se sentem mais excitadas quando estão menstruadas. Se esse é o seu caso, se masturbar no período menstrual é bom e, para algumas pessoas, é realmente recomendado, pois pode ajudar a aliviar cólicas.

Mesmo assim, se você se masturbar durante o período, precisará tomar algumas precauções extras de limpeza e higiene.

6- Masturbar conta como traição?

Masturbar não é traição. Amar a si próprio não é traição, pois masturbação é definida como “estimulação erótica do próprio genital”. Mesmo assim, algumas pessoas podem se sentir um pouco incertas sobre se. Masturbar-se não deve fazer você se sentir culpada.

7- É possível ficar viciada em masturbação?

É possível transformar qualquer coisa em um hábito; portanto, tecnicamente, é possível tornar-se viciado – ou pelo menos acostumado – a se masturbar. Mas especialistas dizem que a obsessão com masturbação é rara.

Portanto, desde que você escute seu corpo e se masturbe apenas quando quiser, não porque pareça um dever ou compulsão, você ficará totalmente bem.

8- Posso contrair uma DST (doença sexualmente transmissível) ou outras infecções ao masturbar?

Partindo do pressuposto que você pratica sozinha, não é possível contrair. Dito isto, não faz mal lavar as mãos antes e depois de se masturbar. E, se você tiver brinquedos masturbadores, limpe-os também.

9- Existe algo de errado comigo se eu não quiser me masturbar?

De maneira geral, não. Existem algumas condições médicas e medicamentos que podem levar a uma diminuição do desejo sexual.

Se você notou uma mudança drástica no seu desejo sexual, pode consultar um médico (em caso de medicamentos) ou terapeuta. Mas não se masturbar não é necessariamente um problema.

10- Quais são os benefícios de se masturbar? Afinal, masturbação faz mal?

Exploramos esse tópico em outro artigo, mas via de regra, a masturbação pode reduzir o estresse, melhorar seu sono, ajudar a tratar problemas sexuais, melhorar a imagem corporal e fortalecer os músculos pélvicos e anal.

Então, se você sentir vontade, se masturbe. E como tudo na vida, nao exagere, uma vida saudável e equilibrada ė sempre.